Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Mensagens - GLFaria

Páginas: [1] 2 3 ... 57
1
Ferramentas / Re: Serrotes de costas Disston&Sons nº4 8" e 12".
« em: Terça, 05 de Março, 2019, 01:09:21 am »
Sim, já os conhecia, mas obrigado por os lembrar. Pois, parece magia, e por isso é que é tão difícil para quem não está treinado. E quanto mais fina for a "dentadura"...

No Leroy costuma haver vaselina sólida e vaselina líquida. Em muitos outros sítios, incluindo a drogaria aqui do bairro, também há.
Nunca experimentei a líquida, tenho muito jeito para entornar coisas. A sólida resulta, mas pelo que me diz respeito tem dois contras - é mais maçadora de aplicar (não dá para pincelar), e no Inverno, com o frio, tenho a sensação que fica mais sólida. Aplico-a com os dedos ou com um trapo. Se experimentar a líquida por favor dê-me as suas impressões.

Para mim, a lata do P. Sellers não é muito prática - uso o trapo numa variedade de ferramentas, por isso uma solução desse tipo acaba por ser incómoda. Mas para ferramentas com superfícies mais ou menos planas é uma boa ideia. Além do trapo, também uso ocasionalmente uma trincha de pequena - entre 10 e 20 mm - com uma ou duas gotas de óleo. Muito fácil de aplicar e cobre bem as pequenas superfícies irregulares.

2
Ferramentas / Re: Serrotes de costas Disston&Sons nº4 8" e 12".
« em: Segunda, 04 de Março, 2019, 21:40:50 pm »
Maldito teclado!... Continuando:
...em pequena quantidade até pode utilizar a vaselina medicinal (mais cara) que se vende em bisnagas.
Há no comércio vernizes "para proteger metais". Nunca experimentei, a simples ideia de envernizar uma ferramenta, especialmente se for boa, repugna-me.

Se o serrote for utilizado com alguma frequência, basta limpar os dentes (uma escova de dentes resulta bem) para remover a serradura que lá esteja acumulada, limpar a folha, e usar um trapo com óleo na folha e nos dentes (uso lenços velhos (lavados...) embebidos em óleo "3 em 1", guardados dentro de uma latinha fechada); tenho óleos melhores, que nos velhos tempos utilizava em armas, mas o "3 em 1" que há por aí em todo o lado serve perfeitamente. É preciso é não esquecer de limpar a folha antes de usar - o rolo de papel de cozinha é o ideal.

Afiar um serrote com 20 TPI não é nada fácil, e exige experiência, especialmente se for para afiar "cross-cut" (desculpem lá, não me vou meter em traduções). Tenho um Veritas, que comprei propositadamente com 20 TPI "rip-cut", e arrepia-me a simples ideia de algum dia ter de o afiar.
Tenho um alicate de dar trava relativamente rústico, mas só o utilizo para um serrote Sandvik com 7 TPI que já tenho há muitos anos, e que modifiquei de "cross-cut" para "rip". Teria de comprar um muito melhor - e muito mais caro, se por acaso o conseguisse encontrar - para dar trava a um serrote com 20TPI.

Paul Sellers - aprecio-o bastante, embora nos últimos anos se tenha tornado cada vez mais filosófico e confuso; mas há que ver que muitas das soluções "simples " que ele propõe só são "simples" porque ele tem 50 ou mais anos de experiência profissional - não são tão simples assim para amadores com pouca prática.

Por último, alguns links que calculo já tenha encontrado, mas aqui vão à mesma:
http://norsewoodsmith.com/?q=content/sharpening-hand-saws
http://norsewoodsmith.com/?q=content/sharpening-continued
http://norsewoodsmith.com/?q=content/using-and-troubleshooting-saws

Tenho-os em PDF, mas não me lembro onde ou como os fui arranjar.


3
Ferramentas / Re: Serrotes de costas Disston&Sons nº4 8" e 12".
« em: Segunda, 04 de Março, 2019, 20:55:37 pm »
(Quote):
Tenho no entanto uma dúvida. Vi num video, um tipo no final da restauração a passar todo o serrote, metal incluido com cêra para madeira. Ele diz, que ao contrário dos óleos protectores a cêra não evapora e também protege a ferrugem, nomeadamente nos medalhões, que não estão em contacto com nada. Alguém me sabe dizer se isto faz sentido?"
(Unquote)

Do que se faz na prática da marcenaria sei pouco. Mas tenho alguma prática da metalomecânica - e aí ninguém usaria esse "método". Suponho que se trata de conservação. O principal problema é - não se sabe que aditivos é que foram incluídos nessa "cera", e que efeitos a longo prazo podem ter no metal.
O que sugiro (e faço) é: se se trata de armazenamento a longo prazo, limpar bem o metal, eliminando todo os restos de outros produtos, e proteger com vaselina neutra (a que é utilizada para proteger os terminais das baterias -vaselina neutra industrial - é suficiente, mas em pe

4
Ferramentas / Re: Serrotes de costas Disston&Sons nº4 8" e 12".
« em: Segunda, 04 de Março, 2019, 03:51:07 am »
Bom dia a todos!
Sim, ainda estou vivo. Mas como, por diversas circunstâncias, não pude dispor do meu "cubículo" para trabalhar nos últimos dois anos, não tenho tido nada para dizer, e falar por falar é bom para políticos, forma de passar o tempo (notem que não digo "trabalho") que nunca me atraiu. Estou a reconstruir a minha bancada de trabalho, se assim lhe posso chamar, incluindo fazer um torno "de perna", um tampo, etc. - mas em regime "soft", porque a geometria do local mudou bastante, com implicações na arrumação das ferramentas, o espaço para trabalhar é pouco, e limpar tudo todos os dias dá muito trabalho. E quanto mais septuagenário estou mais preguiçoso...

Em consequência, só de vez em quando dou uma olhadela no fórum, que aliás não tem estado muito animado. E só agora vi isto.
Só posso fazer dois comentários:
1- Sortudo!!! Muitos parabéns, é material muito bom.
2- Agora vai ter de aprender a afiar serrotes, e arranjar o (pouco) equipamento necessário para isso ( a menos que também tenha vindo no "pacote" - limas, alicate de dar trava, e torno para segurar a folha). Mas quando se trata de ferramentas dessa qualidade vale a pena. Há alguns sites bons na net. Tudo em inglês, obviamente, mas se estiver interessado posso pôr um ou dois aqui., parece-me que guardei os links.

Conhece isto: http://www.disstonianinstitute.com/ ? É muito interessante.



5
Madeiras / Re: Caixa em madeira
« em: Terça, 29 de Maio, 2018, 00:55:46 am »
Boa noite a todos,

Comentário tardio, com as minhas desculpas, mas tenho tido muito com que me (pre)ocupar.

Em primeiro lugar, os meus parabéns. Parece uma bela caixa. Se também fez os malhetes da "gaveta", calculo que não seja um principiante.
Como aplicou o acabamento? Quantas demãos? E quanto tempo de secagem entre demãos (especialmente a final)?

Para fazer uma ranhura com ferramentas manuais pode-se sempre usar um esgache (o que os ingleses chamam "hand-router"). Dá mais trabalho, mas faz muito menos lixo e é o que eu uso, porque uma tupia num andar dá má vizinhança...

Agora, o que não gostei (os que já me conhecem sabem que sou um bocadinho maníaco nestas coisas):

Estamos em Portugal, e ainda por cima os ingleses vão sair da UE. Então, por favor, em português:

"Groove" = ranhura
"skill" = aptidão, habilidade, etc. (não fui ver ao dicionário, é capaz de haver mais significados...)

Cumprimentos
G.

6
Ferramentas / Re: Berbequim Einhell?
« em: Quinta, 22 de Fevereiro, 2018, 00:26:45 am »


Quanto ao pajo, não sei nada... Outro dia vi que publicou um vídeo no canal dele do YouTube.

A falta dos contributos dele deixam o fórum bem mais parado...

[/quote]
Não fazia ideia que ele tinha (tem) um canal no You Tube. Qual é o nome que ele usa?

Entretanto, o novo berbequim Makita chegou hoje à tarde, mas ainda não tive oportunidade de o experimentar. É muito mais pesado, ou assim parece, do que o Bosch - talvez tenha o centro de gravidade mais à frente. Numa primeira impressão, também parece mais sólido...e mais "rústico", por assim dizer. Espero que se porte bem.

7
Ferramentas / Re: Berbequim Einhell?
« em: Quarta, 21 de Fevereiro, 2018, 00:59:54 am »
Muito obrigado pelas respostas.

Estou à espera que chegue o material para depois vos dar a minha opinião. Mas como vem via SEUR, cuja reputação é muito, mas muito má, também estou à espera de algumas complicações.

Aproveitando a boleia (embora fora do tema): alguém sabe do pajo?

8
Ferramentas / Re: Berbequim Einhell?
« em: Terça, 13 de Fevereiro, 2018, 14:09:58 pm »
No fim de contas, não gostei nada do aspecto dos Einhell, nem das críticas que por aí vi.

Acabei por optar por um Makita HP1640 - com bucha com chave que, para mim, é um factor essencial.
Geralmente tenho visto boas referências ao material da Makita. Espero que seja melhor que os Bosch da linha verde (não é difícil).

9
Ferramentas / Berbequim Einhell?
« em: Sexta, 09 de Fevereiro, 2018, 16:25:57 pm »
Boa tarde a todos

O meu berbequim Bosch PSB 650 está com problemas na electrónica do controle de velocidade, que aliás nunca foi muito boa. Já o que tive anteriormente morreu por aí, e o que tive antes desse também morreu, mas já não me lembro por onde.

Como alguns se lembrarão, não sou fã da linha verde da Bosch. A (pouca) qualidade não justifica o (alto) preço.Tenho tido vários tipos de problemas com os equipamentos que tenho comprado últimamente pelo que, após uns quarente e tal anos de Bosch, vou passar a comprar marcas mais baratas - assim como assim, se se avariarem o prejuízo é menor.

Quero um berbequim com bucha de cremalheira - quem já tentou utilizar bucha de aperto rápido em furos difíceis sabe porquê - e não muito caro.

O único que encontro na área "amador" é o Einhell TH-ID-1000-E (não me interessam berbequins, que os há, a 20 ou 30 euros)
Alguém tem experiência com o material Einhell? Problemas sistemáticos? Robustez? Impressões?

Desde já obrigado



10
Apresentações / Re: Apresentação Cantalice
« em: Quinta, 04 de Janeiro, 2018, 19:17:39 pm »
Seja bem-vindo.
Como verificará facilmente, desde o último Verão o fórum anda um bocado "morto". Mais precisamente deste a época dos grandes incêndios, pode não ser coincidência... Esperemos que, mais tarde ou mais cedo, volte a estar verdadeiramente activo.

Lamento não poder ajudá-lo nesse campo tão profissional, sou apenas um amador relativamente pouco esclarecido, e quase só uso ferramentas manuais porque "trabalho" num apartamento. É só um "entretém" de reformado (os brasileiros dizem "aposentado"). Mas há neste fórum quem o possa ajudar - assim queiram manifestar-se

Acho bem que se dedique à actividade da criatividade e dos móveis, porque arquitectura, em Portugal, lamentavelmente, morreu. Sei bem disso, tenho um filho arquitecto que teve de desistir da actividade cá e foi trabalhar para outro país. E conheço vários arquitectos na situação dele.

Espero que consiga o que quer.


11
Bricolage Café / Boas Festas
« em: Domingo, 17 de Dezembro, 2017, 21:23:19 pm »
Boa noite, pessoal

Isto anda bastante morto de há uns tempos para cá, é uma pena.

Calculo que este ano tenha sido complicado para muita gente.

Mesmo assim, espero que ainda haja alguns que ocasionalmente venham espreitar o fórum, e aproveito para desejar a todos Boas Festas, Feliz Natal e um ano de 2018 melhor do que 2017.

G.

12
Poderá o fórum estar a voltar à actividade? Não era má ideia.

O brinquedo foi improvisado, sim, embora esteja funcional (a função deve ter sempre prioridade sobre a forma, não é verdade?). Gosto mais de trabalhar com calma, mas só tive uns dias para idealizar e realizar, em função das sobras de materiais que cá tinha. Mas não há dúvida que ficou robusto - foi muito utilizado, mas os miúdos não conseguiram dar cabo dele.

Estou em falta, acho que fiquei de dar uns esclarecimentos sobre o trabalho, mas fui optimista.
As obras, que eram supostas demorar 2 meses e meio, duraram quase 4 meses. Só depois pudemos começar a limpar o pó, tirar os plásticos de protecção, descobrir onde estavam encaixotados os essenciais (tachos e panelas, pratos e copos, talheres, etc.) e arrumar.

A casa já está habitável, mas longe de estar arrumada. Quanto à "oficina", ainda estou a tentar pôr em ordem tudo o que para lá foi enfiado. Quando voltei só tinha um espaço de uns 2x0,5m ao lado da porta - o suficiente para entrar e ficar entalado, mas nem pensar em lá trabalhar. Mas aos poucos a coisa há de ir. Daqui a um par de meses espero já poder "trabalhar" em condições.

13
Projectos, Plantas e Orçamentos / Re: Mesa de trabalho
« em: Quarta, 25 de Outubro, 2017, 17:09:53 pm »
Ainda cá estou - deram-me ume batida no carro, que foi para a sucata (sem danos pessoais, felizmente), e tenho de resolver as coisas com a seguradora.

Mesa engraçadinha, mas tenho muitas dúvidas quanto à utilidade prática. Digamos, se me permite a expressão, que é espalhafatosamente boa para americano ver e impressionar!
Se estiver a trabalhar em cima dela, como acede às ferramentas que estão lá dentro?
Por outro lado, se nunca trabalhar ou colocar coisas em cima das tampas articuladas, desperdiça muito espaço de garagem. Para que lhe servem as mesas com as tampas articuladas se não lhes pode pôr coisas em cima?
Se fosse a si, tentava analisar bem como a iria usar antes de se meter nisso.

De qualquer forma, no caso de continuar interessado (eu não estaria...), o 2x4 (aproximadamente 5x10 cm) é uma secção quase "sagrada" para os americanos. Na prática, é indiferente que seja essa, que não se utiliza com essa designação na Europa, ou outra semelhante.

14
Resultou!  :)
Muito obrigado, Joliveira.

15
Muito obrigado, não percebia se o problema era "do meu lado"

Ora vamos lá tentar.

O "objecto" está um bocado rústico, mas foi feito à pressa.
Não tenho tempo para explicar tudo agora, fica para mais tarde, se alguém estiver interessado.

Os três conjuntos de fotos mostram:
001 - aspecto geral
002 - mecanismo de disparo
003 - mecanismo de propulsão

Penso (espero...) que daqui a umas 3 semanas já tenha casa habitável. Nessa altura voltarei ao contacto.

Páginas: [1] 2 3 ... 57