Autor Tópico: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)  (Lida 3363 vezes)

Carbono.Silício

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« em: Domingo, 06 de Março, 2016, 22:09:42 pm »


Após oito anos tombada no solo de terra e ervas, a Robinia resiste e persiste conforme esta foto de uma bolacha da raiz.

É uma das madeiras mais resistentes para uso no exterior e a planta/árvore é considerada em Portugal uma invasora.

Dos seus troncos jovens mais direitos podem-se fazer arcos para flexas, sendo considerada pelos peritos como a segunda melhor madeira para este fim, a seguir ao Osage Orange (Pau D'árco) que por cá só conhecemos o chá.




GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 842
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #1 em: Domingo, 06 de Março, 2016, 22:21:31 pm »


Após oito anos tombada no solo de terra e ervas, a Robinia resiste e persiste conforme esta foto de uma bolacha da raiz.

É uma das madeiras mais resistentes para uso no exterior e a planta/árvore é considerada em Portugal uma invasora.

Dos seus troncos jovens mais direitos podem-se fazer arcos para flexas, sendo considerada pelos peritos como a segunda melhor madeira para este fim, a seguir ao Osage Orange (Pau D'árco) que por cá só conhecemos o chá.




Madeira muito bonita. Não sabia que a robinia podia ficar assim.

Quanto a tiro com arco e respectivo material, sugiro que seria melhor abster-se de comentar. É só uma sugestão, claro, com base no que escreveu acima. :)

G.

Stromlinie

  • Sr. Member
  • ****
  • Mensagens: 479
    • Ver Perfil
    • Multisubjects, Lda.
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #2 em: Domingo, 06 de Março, 2016, 23:50:51 pm »
A Robinia pseudoacacia L. é uma espécie invasora em Portugal, assim classificada no Decreto-Lei n° 565/99, de 21 Dezembro (Anexo I).

A madeira é boa, por exemplo para usar em jardins, pois exposta às intempéries comporta-se muito bem, podendo substituir as madeiras tropicais.

A dúvida prende-se se haverá madeira em quantidade para ser usada para estes fins - quantidade de pés com troncos capazes de fornecer madeira para serração.
Boa bricolage, em segrança,

Stromlinie

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #3 em: Segunda, 07 de Março, 2016, 00:21:02 am »
A Robinia pseudoacacia L. é uma espécie invasora em Portugal, assim classificada no Decreto-Lei n° 565/99, de 21 Dezembro (Anexo I).

A madeira é boa, por exemplo para usar em jardins, pois exposta às intempéries comporta-se muito bem, podendo substituir as madeiras tropicais.

A dúvida prende-se se haverá madeira em quantidade para ser usada para estes fins - quantidade de pés com troncos capazes de fornecer madeira para serração.

Não há porque como é considerada "praga" (e é verdade) nunca foi cultivada com fins comerciais,

Destrui algumas toneladas quando trabalhava na manutenção de matas de eucalipto, onde cresciam a par e com mais rendimento que o proprio eucalipto "globulus".

Já as acaçias "australis" eram mais "cobiçadas" por ter um tom avermelhado, embora rache um pouco.

Eu só tive conhecimento da potencialidade das acacias (conhecidas por mimosas) depois de ter deixado a profição. 
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #4 em: Segunda, 07 de Março, 2016, 00:25:59 am »
Entretanto ando a namorar por aqui nos jardins publicos os troncos das pimenteiras rosa.

Tenho de ir dar uma volta ao deposito da camara dar uma espreitadela 8) 8) 8)
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

Carbono.Silício

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #5 em: Segunda, 07 de Março, 2016, 09:34:01 am »


Após oito anos tombada no solo de terra e ervas, a Robinia resiste e persiste conforme esta foto de uma bolacha da raiz.

É uma das madeiras mais resistentes para uso no exterior e a planta/árvore é considerada em Portugal uma invasora.

Dos seus troncos jovens mais direitos podem-se fazer arcos para flexas, sendo considerada pelos peritos como a segunda melhor madeira para este fim, a seguir ao Osage Orange (Pau D'árco) que por cá só conhecemos o chá.




Madeira muito bonita. Não sabia que a robinia podia ficar assim.

Quanto a tiro com arco e respectivo material, sugiro que seria melhor abster-se de comentar. É só uma sugestão, claro, com base no que escreveu acima. :)

G.



Bom dia,

abster? mas não é o âmbito deste fórum a partilha do que se aprende empiricamente e ou através de terceiros?

Em tempos dois de nós estudamos videografia, textos em fóruns e sites da especialidade sobre a construção de long bow's, as duas ou três tentativas que se fizeram (salvo erro), apesar de prazerosas revelaram-se insuficientes no resultado final mas enfim não se pode esperar outra coisa logo à primeira de uma arte que tem muito que se lhe diga, apesar de não parecer.

O que se comentou acima, tal como escrito, é baseado nos peritos que escutamos, vimos e lemos. Se algo não está bem não é com abstenção que avançamos em conjunto.
« Última modificação: Segunda, 07 de Março, 2016, 19:11:30 pm por Joliveira »

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 842
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #6 em: Segunda, 07 de Março, 2016, 14:09:01 pm »
Ah, o tiro com arco teórico, ou virtual! O texto categórico deu-me imediatamente a impressão que não estavam verdadeiramente familiarizados com o tema. Ou, posto de outra forma, "isto foi lido em qualquer sítio, provavelmente de fonte americana - ambas as madeiras referidas são nativas da América do Norte" (mas o "pau d'arco", em português, corresponde a uma planta do género "Tabebuia", nativa da América do Sul").

Posto isto, termino pela minha parte o tema "tiro com arco". É um assunto que, na teoria e na prática, me interessou durante anos, que tive de deixar de praticar por vários motivos, mas do qual ainda gosto. E sobre o qual ainda não me sinto suficientemente conhecedor para dissertar.

G.

Francisco_Monteiro

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 40
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #7 em: Quinta, 10 de Março, 2016, 20:44:48 pm »
Colega Pajo,

tire aqui uma duvida ao menino  ;D

acácia australia e mimosa não são a mesma coisa certo? A mimosa também é uma acácia (que não sei o resto do nome) que dá umas flores amarelas, a acácia australia dá umas flores mais para o branco certo?
Já agora, qual das duas tem a madeira avermelhada? Estou curioso, tenho o fundo de uma propriedade cheio de australias...se a madeira for bonita ainda faço a barba a alguma...lol

abraço
Francisco

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 842
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #8 em: Quinta, 10 de Março, 2016, 23:54:40 pm »
Como tenho tempo e facilidade em procurar (e curiosidade, também...), e como o Pajo ainda não tinha respondido, resolvi vasculhar esse poço sem fundo que é a net.

Só por uma questão de rigor, e para quem quiser procurar mais, vou dar também as designações científicas. Incluo links para as fichas de invasoras. As fichas incluem fotografias das flores, também aqui as ponho.

Há mais de cem espécies de acácias, todas pertencentes à família Fabaceae (Leguminosae) (também as vi classificadas na família Mimosaceae, mas foi num documento mais antigo, que pode estar desactualizado)

Pelo que pude encontrar em várias bases de dados, só se chama mimosa ao género Acacia dealbata, de flores amarelas. É classificada como invasora (de alto risco, suponho, pelo que me lembro de ver quando era miúdo e tinha oportunidade de andar pelo campo)

Link para a ficha de invasora da mimosa:    http://invasoras.pt/gallery/acacia-dealbata/

A  chamada Austrália, também referida em inglês como Australian Blackwood, é a Acacia melanoxylon, também invasora. As flores são de cor creme claro, a madeira pode ter várias tonalidades, entre as quais o avermelhado; suponho que é a esta que se refere.

Link para a ficha de invasora da autrália:    http://invasoras.pt/gallery/acacia-melanoxylon/

Quando cortadas, se o "toco" não for destruído, daí a uns meses tem uma quantidade delas a nascer lá (disso lembro-me bem, a minha mãe não me deixava cortar mimosas...)

G.


Francisco_Monteiro

  • Newbie
  • *
  • Mensagens: 40
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #9 em: Sexta, 11 de Março, 2016, 00:38:42 am »
Hum, esclarecido colega Faria, obrigado pela resposta.
Quanto às "mimosas", já cortei algumas quando atrapalham, mas a madeira é super clara e sem sal...as australias não faço ideia, mas agora despertou-me a curiosidade...qualquer dia...

Abraço
Francisco

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re: Robinia Pseudoacácia (Black Locust)
« Responder #10 em: Sábado, 12 de Março, 2016, 01:22:19 am »
Viva o GLFaria adiantou-se ;)

É verdade a australia tem a madeira bem avermelhada (parece tingido de vinho tinto deslavado ;D)..

A mimosa tem um tom amarelado/esbranquiçado.

Vi em tempos umas mesas de jardim feitas com tronco de mimosa serrados a meio e juntos lateralmente sem descascar a madeira, bem bonitas. Depois de envernizado (parecia vitrificado) tinha um tom de limão descolorado.

Estas mesas estavam à venda na Batalha no hiper do Rino&Rino






Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!