Autor Tópico: Madeiras  (Lida 2506 vezes)

ruidomingos

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 129
    • Ver Perfil
Madeiras
« em: Segunda, 09 de Setembro, 2013, 15:43:40 pm »
Boas,

tenho andado a fazer uma "pesquisas" e experiências em vários tipos de madeira...  ;D

Alguém já trabalhou de alguma forma a madeira da oliveira, nogueira, romãzeira, laranjeira e alfarrobeira?!

Destas já experimentei fazer pirografia em oliveira, nogueira e romãzeira...




Romãzeira




Nogueira




Oliveira


A que foi mais fácil de "queimar" foi a de nogueira e a mais difícil foi a de oliveira  ;D

A ultima experiência foi fazer umas palavras numas plaquinhas de oliveira (nova) com um mini berbequim e fresa e gostei muito de trabalha-las  :D

Esta ultima é um corte de uma oliveira mais velha como vêem  ;D e é para fazer um relógio...


 



GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 850
    • Ver Perfil
Re:Madeiras
« Responder #1 em: Segunda, 09 de Setembro, 2013, 23:56:01 pm »
Dessas só trabalhei, já há muitos anos, nogueira vulgar, mas só em trabalhos de corte (formão, goiva e plaina), lima e lixa. Fácil de trabalhar e dá bom acabamento, mas cuidado com o caruncho, é um tipo de madeira que o apanha facilmente.

Gostava de de experimentar a oliveira, ouvi dizer que dá uns belos acabamentos. O meu sogro tem um pequeno olival, mas ainda não deitou nada abaixo - e as oliveiras duram, duram...

Nm

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 56
    • Ver Perfil
Re:Madeiras
« Responder #2 em: Terça, 10 de Setembro, 2013, 00:15:25 am »
Bela fatia de oliveira. Lembro-me de ir com o meu avô por uma estrada de pinhal acima e ele ver uma grande pernada duma oliveira caida. Pegou nela e disse-me que ia fazer uma torneira para um tanque. E fez. Talhou a torneira toda ao canivete à lareira. Eram 3 partes, um cilindro mais grosso, outro mais fino e outro ainda mais fino. Talhou o do meio ligeiramente em cone. Com um ferro em brasa aquecido na lareira, fez um furo no médio e enfiou-lhe o mais fino; era a pega da torneira. No pedaço mais grosso fez 2 furos com o tal ferro, um a todo o comprimento por onde entra e sai a água, e outro ao atravessado por entrava o pedaço do meio, cujo rodar alinhava ou desalinhava o buraco com o do pedaço grande, deixando assim passar ou não a água. Fez um acabamento finissimo "lixando" a madeira toda com a aresta de um caco de vidro. Não me lembro o que aplicou como acabamento. O meu avô não era carpinteiro, mas era criativo e gostava de fazer coisas. Muitas vezes não são precisas grandes ferramentas.

ruidomingos

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 129
    • Ver Perfil
Re:Madeiras
« Responder #3 em: Terça, 10 de Setembro, 2013, 08:40:25 am »
GLFaria, acredito que sim, pois a madeira de nogueira é muito macia e deve ser fácil de roer...  :D

No tronco de onde fiz umas plaquinhas já havia zonas onde ele andou, mas como estava na rua não deve ter aguentado o calor... eu ainda só fiz corte, pirografia e lixa e gostei muito de trabalhar a nogueira. Ainda tenho lá em casa uns troncos grandes que estou a pensar levar a uma serralharia para me fazerem umas tábuas  ;D

Mas também gostei muito de trabalhar a oliveira é mais maciça e para gravar por exemplo é um espectáculo e é bonita  :D
Eu como moro numa zona rural e "possuo" alguns terrenos tenho facilidade de arranjar vários tipos de madeira, agora ando a trás de madeira de cerejeira...  ;)

Nm é preciso sermos criativos e experimentar coisas novas, materiais, ferramentas e técnicas. Sim e ás vezes não é preciso grandes ferramentas para fazer algo de extraordinário...  ;D