Autor Tópico: Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)  (Lida 3583 vezes)

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 829
    • Ver Perfil
Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« em: Domingo, 07 de Abril, 2013, 01:36:05 am »
Ora bem, a primeira vez que tentei, a sessão terminou antes de eu conseguir. Talvez seja muito comprido. Vou tentar partindo em dois. Aqui vai a primeira parte:

Aqui vai a “apresentação” que me comprometi a fazer acerca da utilização dos comparadores.
Aviso desde já que é bastante longa. Lamento, mas não consegui fazê-la mais curta. As minhas desculpas pelo espaço ocupado.
Francamente, deu um bocado mais de trabalho do que eu esperava. Passei muito tempo na net à procura de ilustrações ou links que pudessem servir para clarificar a descrição, o que poderia tornar este texto muito mais curto – mas acabei por ter de escrever o texto e desenhar os “bonecos”, porque não encontrei nada de realmente útil que agrupasse todo o processo.
Também procurei vídeos do tipo “como fazer”, mas só encontrei um decente (é o primeiro na lista de links que vai no fim). Como seria de esperar, são todos em Inglês, mas espero que pelo menos permitam ficar com algumas ideias.
No texto abordo apenas os comparadores mecânicos analógicos, que são aqueles com que estou mais familiarizado. Mas os princípios gerais são os mesmos para todos os tipos.
Espero que este texto esteja minimamente compreensível e consiga transmitir o que pretendo. Como talvez já tenham experimentado, quando uma pessoa está familiarizada com a utilização de um equipamento frequentemente tem dificuldade em descrever a forma como ele é operado – já é tudo tão automático…

Vamos a isso!

Utilização do comparador
Recomendações gerais:

- O comparador tem de estar fixado firmemente e rígidamente, seja numa base magnética seja noutro suporte qualquer. Qualquer movimento ou oscilação origina erros nas leituras. Se for utilizada uma base magnética, a superfície de apoio tem de estar limpa e seca.
- A ligação do comparador à base tem de permitir que o comparador seja correctamente posicionado; mas também tem de, uma vez o comparador em posição, poder ser fixada rigidamente. Quanto mais facilmente isso for feito, maior o rigor se consegue no posicionamento (há braços articulados bastante ordinários e difíceis de ajustar)
- A haste do comparador deve ser sempre posicionada perpendicularmente à superfície que está a ser controlada. Se não for assim, introduzem-se erros nas medições, além de que se introduzem factores de atrito no deslocamento da haste dentro do canhão, que vão prejudicar a repetibilidade.
- A medição deve, sempre que possível, ser feita de cima para baixo – ou seja, com o comparador por cima da peça. Se tiver de ser feita com a haste na horizontal ou, no pior dos casos, com a ponta para cima, a mola pode não ser suficientemente forte para assegurar a repetibilidade. Nestas situações, é conveniente que a pré-carga seja mais acentuada (por exemplo, em vez de dar uma pré-carga de uma volta, dar duas ou três), e deve sempre verificar-se o funcionamento e a repetibilidade do aparelho. Em casos extremos, pode ser necessário substituir a mola de origem por outra mais forte.

Operação:
Passo 1 - Colocar o comparador perto da peça a medir (fig. 001)
Nota: por ser mais simples e talvez a utilização mais comum, apresento como exemplo uma peça de revolução (no caso, cilíndrica). Mais adiante indicarei alguns “links” que conduzem a exemplos de outras aplicações.

Passo 2 - Encostar cuidadosamente o comparador à peça. (fig. 002)

Passo 3 - Fazer uma pré-compressão, deslocando o braço articulado do suporte até o ponteiro grande dar uma ou duas voltas completas (fig. 002)
Passo 4 - Fixar o braço articulado em posição
Passo 5 - Verificar a repetibilidade – puxar a haste pela parte superior e depois deixá-la encostar suavemente, várias vezes, à peça a medir (sempre no mesmo sítio); se o ponteiro principal parar sempre na mesma posição, ou no máximo com um desvio de +- ¼ de divisão da escala, a repetibilidade pode geralmente ser considerada aceitável nessa zona de medição e as medidas podem ser feitas com um razoável grau de confiança.
Passo 6 - Rodar o aro e a escala para colocar o zero; podem ser consideradas três opções:
6.a - O método geralmente preferível é mover a peça até à posição em que o deslocamento do ponteiro para a esquerda for máximo (posição “mais alta” da peça) e colocar aí o zero; a partir daí, todos os deslocamentos do ponteiro serão para a direita, no sentido normal de leitura da escala, e torna-se fácil ler os desvios (fig. 003)

6.b - Outro método é mover a peça de uma posição extrema do deslocamento do ponteiro até à outra (máximo deslocamento para a esquerda e para a direita) e colocar o zero aproximadamente a meio. Torna as leituras mais delicadas e sujeitas a enganos, mas pode ser útil quando se estão a verificar tolerâncias do tipo +- .
6.c – Ainda outro “método” é colocar o zero na posição em que o ponteiro ficar quando o comparador for fixado, qualquer que ela seja; no fundo, é semelhante ao anterior e tem os mesmos problemas, pelo que não é uma boa opção
(fig. 004)

 Passo 7 - Mover a peça e fazer as leituras
Nota: a escala inversa pode dar jeito quando for necessário andar para trás relativamente a um ponto anteriormente registado.

(continua na 2ª parte)

_______
Posts relacionados:

Características do comparador analógico

Utilização do comparador analógico:
1ª parte | 2ª parte | 3ª parte
« Última modificação: Segunda, 08 de Abril, 2013, 22:11:16 pm por Joliveira »

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 829
    • Ver Perfil
Re:Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« Responder #1 em: Domingo, 07 de Abril, 2013, 01:52:50 am »
Não consigo fazer passar a 2ª parte - que é mais curta do que a 1ª.
Já fiz 4 tentativas, como "resposta" e também abrindo um novo tópico!
Por hoje desisto, volto a tentar amanhã.

G.

Joliveira

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1016
  • O prazer de saber fazer
    • Ver Perfil
    • Bricolage Total - Videos
Re:Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« Responder #2 em: Segunda, 08 de Abril, 2013, 21:51:49 pm »
Não consigo fazer passar a 2ª parte - que é mais curta do que a 1ª.
Já fiz 4 tentativas, como "resposta" e também abrindo um novo tópico!

É estranho, por curiosidade, que browser utiliza?

Mais uma vez Parabéns pela capacidade de síntese e organização da informação. As imagens estão bem conseguidas.

Coloquei nos seus posts links no fim para os outros da mesma série, em tom de índice. Assim quem quiser consegue facilmente percorrer os vários posts.

Caso autorize, gostaria de publicar um artigo sobre o comparador compilando os posts que fez no blog Bricolage Total (http://bricolagetotal.com/). Será claro dado referência a si como autor remetendo aqui para o fórum, comentários e questões. O que lhe parece?
« Última modificação: Segunda, 08 de Abril, 2013, 22:17:30 pm por Joliveira »
Bricolage Total - O blog | - Os vídeos

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 829
    • Ver Perfil
Re:Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« Responder #3 em: Segunda, 08 de Abril, 2013, 23:05:15 pm »
Utilizo o Microsoft Internet Explorer - estou habituado, sou muito preguiçoso para me dar ao trabalho de tentar usar outro, e tenho um bom anti-virus (McAfee) permanentemente actualizado e firewall.

É possível que algumas dificuldades tenham surgido porque escrevo sempre os textos potencialmente compridos em Word e depois faço copy/paste. Com os links, etc, o servidor pode não ter gostado.

Talvez os links não funcionem, embora à primeira vista pareçam correctos, porque para os fazer passar escrevi-os em modo texto simples. Mudaram para o aspecto de hiperligação quando a mensagem ficou afixada no fórum, mas suponho que isso não quer automáticamente dizer que funcionem. O melhor é copiar para a área de endereços do browser.

Esteja à vontade para fazer como entender com os posts - considero isto um espaço aberto, e francamente não é questão que me cause preocupações.

G.

Joliveira

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1016
  • O prazer de saber fazer
    • Ver Perfil
    • Bricolage Total - Videos
Re:Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« Responder #4 em: Terça, 09 de Abril, 2013, 01:00:33 am »
Olá GLFaria, publiquei aqui
Bricolage Total - O blog | - Os vídeos

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 829
    • Ver Perfil
Re:Utilização do comparador - 1ª parte (se conseguir...)
« Responder #5 em: Terça, 09 de Abril, 2013, 01:10:06 am »
Puxa, muito bonito, muito melhor do que a borrada que eu apresentei, que não merecia um tratamento tão bom! Muito obrigado, assim lê-se muito melhor.

Nem lhe vou perguntar como se faz!

G.