Autor Tópico: A minha caixa de ferramenta.  (Lida 57427 vezes)

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
A minha caixa de ferramenta.
« em: Domingo, 04 de Novembro, 2012, 21:06:11 pm »
Hoje decidi abrir a minha caixa de ferramentas (essencialmente de mecanica), não é a minha "caixa de sonho" mas vai-se compondo com o tempo.



Desta caixa fazem parte em permanencia :
1 jogo chaves boca-luneta 8; 25mm Stanley
1   "        "     bocas 6-7 ; 18-19 Facom
1   "        "     luneta 6-7; 18-19  Facom
1   "        "     chaves de caixa 1/4" de 4,5 a 14mm longas- Mader
1   "        "              "            1/2"  de +-10mm a +- 28mm mas em polegadas (com muita pena minha) Cougar tools
1 alavancote OTC
3 chaves fenda Facom
1 chave estrela facom
2 martelos Bellota
1 martelo pequeno para fazer juntas de cartão
2 alicates "chines"
1 chisacto Tajima
1 chave de filtros facom
e mais uma serie de tralhas que nao dispenço por preço nenhum.
Tenho mais uma serie delas mas fica para outro dia porque mereçem uma descrição mais pormenorizada.





 
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

Joliveira

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1020
  • O prazer de saber fazer
    • Ver Perfil
    • Bricolage Total - Videos
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #1 em: Domingo, 04 de Novembro, 2012, 21:20:03 pm »
1 alavancote OTC

O que é?

Tenho mais uma serie delas mas fica para outro dia porque mereçem uma descrição mais pormenorizada.

Boa! Ficamos a aguardar :) Deixo referência a um tópico neste tema:

O que têm nas vossas caixas de ferramentas?
Bricolage Total - O blog | - Os vídeos

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 835
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #2 em: Domingo, 04 de Novembro, 2012, 23:49:47 pm »
Credo, isso não é uma caixa de ferramentas, é um depósito!  :)

Deixei de usar caixa de ferramentas "permanente" quando a minha chegou aos 15 kg, eu cheguei aos 60 anos, e concluí que de qualquer maneira me ia sempre faltar qualquer ferramenta que tinha esquecido em casa...

Portanto, optei por guardar os pequenos equipamentos em gavetas e só meter na caixa de ferramentas aquilo que penso que vou precisar na ocasião. Pode não ser muito prático (há sempre alguma coisa que fica esquecida...), mas pelo menos evita-me dores nas costas.

Para mim, maníaco da arrumação como sou, tenho uma gaveta para pequenos equipamentos de aperto e fixação (os que lá cabem), outra para equipamentos de medição, outra para pequenos equipamentos que se relacionam com ou utilizam electricidade (estação de soldadura, pistola de colar, multímetro,...), duas para equipamentos diversos que não sei muito bem onde encaixar, outra para equipamentos de corte diversos, outra para equipamentos de furação manuais...

Em dois armários ficam o berbequim eléctrico, a aparafusadora, a serra de disco, a serra tico-tico, a lixadora, a esmeriladora, o pequeno torno mecânico para metais, que hoje em dia quase não uso (dá um trabalhão tirá-lo do armário, com tudo o que está à frente (ainda pesa 7 kg, e quando penso que depois tenho que o limpar, lubrificar e voltar a arrumar...), as caixas com parafusos, anilhas e buchas (devidamente classificados), fios, cabos e material eléctrico (2 caixotes), material de pintura (um caixote e já é demais para o meu gosto...), sei lá...

Numa estante estão as 3 plainas, e em duas prateleiras com furos os formões numa e as chaves de parafusos noutra.
No chão fica o que não cabe em sítio nenhum - a bancada Black & Decker e o engenho de coluna made in China, que pesa alguns 15 kg, e dá uma trabalhão a pôr em cima da bancada quando o quero utilizar, as latas de tinta quando tenho que as ter...

Isto num quarto de 12 m2 que me serve de "armazém" de matérias-primas, onde também há estantes com (muitos) livros, caixotes com tralha doméstica, equipamentos que uso pouco (estão lá em cima do armário, preciso do escadote para lá chegar), o equipamento de tiro com arco (actualmente sem uso), e muitas outras coisas...

Estão a ver porque é que demoro tanto tempo a fazer seja o que for, e porque é que só faço trabalhos relativamente miúdos - só o tirar as ferramentas do sítio onde estão arrumadas e, no fim, limpar o local e as ferramentas e arrumar tudo outra vez... Mas se não tivesse isso tudo arrumado não tinha hipótese de lá meter tanta coisa.

Bem, não me posso queixar, pelo menos tenho ferramentas...

G.

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #3 em: Sábado, 10 de Novembro, 2012, 00:42:26 am »
Viva amigos!
Para continuar vou colocar mais umas coisitas ainda relacionadas com mecanica!



Estes são os alavancotes, ou pequenas alavancas (650mm o maior, 450mm o pequeno).
São muito uteis quando é preciso forçar algo em lugares confinados, alinhar furos, etc
O maior é da marca OTC e o pequeno e ELORA.
Aquela "cabeça" estranha dá o nome á ferramenta que tambem é conhecida por desmonta rolamentos.



Esta é uma chave dinamometro (medidora do torque/força de aperto) com encabadouro de 1/2" ,Cortesia do meu cunhado Nuno que ma ofereceu.
tem um dispositivo interior que ""dispara/desliga" quando atinge a pressão para que foi regulada, serve essencialmente para apertar cabeças de motores.



Esta é a minha outra chave dinamometro (peso pesado), atinge 250 Nm de pressão.
A pressão destas chaves é regulada  enroscando  o  punho até ao valor desejado.
O estojo al madeira foi feito por mim para  uma boa proteçcõ da ferramenta




Amanhã há mais
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #4 em: Domingo, 11 de Novembro, 2012, 19:45:23 pm »
Para continuar com a exposição dos meus "brinquedos", hoje posto uma foto de um pequeno armario que fiz para guardar no interior algumas ferramentas que só uso de dez em quando como:
1 saca multifunções OTC
1 saca de 3 pernas (ausente de momento)Chines
1 conjunto de fusos compressores de molas de amortecedores.s. marca
1 plaina de bate chapas
4 formões stanley
1 jogo chaves umbrako longas chines
4 alicates de pressão 3 chines 1 vise grip
2+2 alicates de pressão de bate chapa  (do qual não sei o nome)
1 jogo de brocas de cobalto.
1 alicate de rebitar chines
1 "corta cavilhas" Alyco
1 tesoura de cortar chapa
Varetas de latão e de prata para soldar
Ainda sobra espaço para uma serie de coisas que estão espalhadas pala garagem.



A té brfeve
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 835
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #5 em: Domingo, 11 de Novembro, 2012, 20:12:31 pm »
pajo, a sua casa é quase uma loja de ferramentas! Tanta coisa que eu não uso!...  :)

O seu "cabide" de formões é mais prático do que o meu, acho que vou ter de aproveitar a ideia, se não se importa. Mas não tenho "tampas" para a maior parte dos formões, alguns já são bastante antigos, terei de tomar providências.
Que tal a qualidade dos Stanley? Já os tenho visto à venda, parecem-se com uns Marples que tenho, se a qualidade for equivalente vale a pena pensar neles quando precisar.

G.

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #6 em: Domingo, 11 de Novembro, 2012, 21:39:05 pm »
Para falar verdade, estes formões são de qualidade bem açeitavel, pecam pelo acabamento das "costas" o metal se não for protegido com oleo depois de usar tende a ganhar alguma oxidação quando está guardado por algum tempo.
Isto provoca alguns problemas quando quero por ex. cortar orla branca, ao passar o formão pela melamina, lá fica o rasto acastanhado que tenho de limpar.

O que não aconteçe com um formão de 12mm, que tenho á já alguns anos e foi durante muitos anos o meu unico formão um Peugeot, o aço tem um tratamento escuro que não oxida e o gume foi afiado umas 4 vezes talvez.

O cabide foi feito de uma lata que tinha varios buracos e estava na secção sucata cá de casa, foi só abrir as entradas e pendurar.

Quanto ás tampas já pensou em usar cortiça ou cortiçite, uma chapa um pouco mais larga que a medida do formão por +- 3cm, duas pequenas cunhas laterais e uma para cima, tudo colado com cola de contacto.
« Última modificação: Domingo, 11 de Novembro, 2012, 21:41:09 pm por pajo »
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 835
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #7 em: Domingo, 11 de Novembro, 2012, 22:20:13 pm »
Obrigado.

Nunca experimentei a corticite, tenho cá alguns restos, vou experimentar. Cabedal sei que é mau, absorve a humidade - já tive algumas más experiências. O que tenho feito é cobrir o gume com fita adesiva de papel, mas quando a tiro tenho de limpar a cola com acetona...

Um dos melhores protectores contra a oxidação é a vaselina neutra "sólida" - na realidade é em pasta. Como a que se usa nos terminais das baterias, e que os americanos chamam "petroleum jelly". Hoje em dia até se vende no AKI e no Leroy Merlin. É o que uso habitualmente para proteger ferramentas quando sei que não as vou utilizar durante algum tempo.Tem a vantagem de ser incolor, e não acidifica.

Mas também, quem é que se lembra de usar uma ferramenta para cortar madeira (ou orlas) sem a limpar antes?

Há marceneiros que usam cera em pasta para móveis para proteger as ferramentas. Dizem que isso lhes evita ter que perder tempo a limpar antes de usar. Como com qualquer protecção, é só aplicar uma quantidade muito pequena e passar ao de leve com um pano para deixar uma película muito fina. Nunca experimentei, provávelmente é prático para quem usa as ferramentas todos os dias, mas como muitas vezes as minhas passam meses sem serem usadas tenho receio que a cera acidifique e corroa as peças (não conheço as propriedades das ceras).

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #8 em: Sábado, 17 de Novembro, 2012, 01:17:26 am »
Viva a todos os Bricoleurs.

GLFaria, o meu cabide de formões foi feito de uma peça igual a esta, foi so fazer reciclagem!



Este é o meu formão perdilecto, está comigo á +- 22 anos.



Mas para não ficar muito off topic, vou continuar com umas fotos de mais umas ferramentas.

Exterior do armario (hoje está um bocadito desarrumado).
Estas ferramentas dispensão apresentação



E quando se gosta de serralharia e mecanica não podia faltar o jogo de machos e caçonetes para fazer roscas.
Machos, caçonetes desandadores e conta fios

 


« Última modificação: Sábado, 17 de Novembro, 2012, 01:22:17 am por pajo »
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #9 em: Domingo, 18 de Novembro, 2012, 15:15:52 pm »
Como o nosso novo menbro Joaoferreira, apresentou a sua nova bancada, fez-me lembrar que um dos 1ºs equipamentos do meu local de "culto" preferido foi a bancada.

Na altura (á 14 anos) tinha contactos profissionais com algumas serrações o que me facilitou ter usado as madeiras um bocadinho á forte e feio, pinho bravo com 4,5cm espessura, metade tinha chegado.

Queria uma bancada forte, que não abanásse, para usar com madeiras e com serralharia.
A estrutura foi feita com cantoneira L de 50x50, o tempo é metade pinho e outra metade com duas pranchas de cofragem metalicas, dado o conprimento tem 6 pernas para não vibar. Numa das secções inferiores incorporou-se um pequeno frigorifico (a jola fresquinha sabe sempre bem) e um modulo de 4 gavetas, a outra metade estava aberta apenas tinha uma prateleira junto ao chao, á uns 5 anos resolvi fechar com MDF e por uma prateleira ao meio, o fuso do torno de madeira foi oferta do Sr Pucarinho (dono da serração) o outro torno (ferro) inicialmente era um Record nº 3 mas foi substituido mais tarde por um Nº 5
no interior está um aspirador, um radio, ferramentas que pouco uso e muita porcaria (que faz sempre falta)
Esta é a minha bancada

Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

Joliveira

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1020
  • O prazer de saber fazer
    • Ver Perfil
    • Bricolage Total - Videos
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #10 em: Segunda, 19 de Novembro, 2012, 23:59:21 pm »
Um frigorífico dentro da bancada, uma excelente inovação!! :)

É o que está à esquerda depois das gavetas, certo?
Bricolage Total - O blog | - Os vídeos

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #11 em: Sábado, 24 de Novembro, 2012, 00:52:01 am »
Sim Joliveira.
é um frigorifico que estava na garagem já muito velho, que era para o lixo, mas sugeri que dava algum jeito no verão
Afinal agora é imprescindivel, guarda-se basicamente lá comida dos cães, silicones e colas e coca-colas.





Ok, guarda-se tanbem uma cervejinha para os amigos que vêm ajudar ou visitar.
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #12 em: Sábado, 24 de Novembro, 2012, 01:05:15 am »
Vamos lá, continuar a minha esposição de ferramenta.
este é outro ex-libris, recordacção da minha antiga profissão.
Trata-se de uma chave de caixa 75mm, conhecida no meio como "jogo gigante" com encabadouro de 1" e respectivo rabo desandador".

Para termo de comparação a chave pequena que está em cima é uma 10mm com encabadouro 1/2".

Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #13 em: Domingo, 09 de Dezembro, 2012, 16:06:06 pm »
Hoje vou colocar uma das minhas 1ªs ferramentas eletricas.
Um pequeno aparelho de soldar da einhell.



Que eu "carinhosamente" baptizei de cuspideira, porque é um aparelho um pouco temperamental.
Quando comprei, para conseguir derreter eletrodos rutilicos de 1,5, tive de por quase no maximo.
uns dias depois quando quis transformar um para-choques traseiro de uma 4x4 que trazia, é que me apercebi das verdadeiras qualidades (ou falta delas)da maquina.
1º eletrodo derreteu sem dificuldade, embora seja preciso conhecer a tecnica para eviatr as tais soldas que mais parecem cuspidelas.
2º eletrodo a partir do meio comecou a acionar o sensor de sobreaquecimento e a partir daqui foi uma aventura.
1/2 hora para arrefecer para soldar mais 1/2 eletrodo, um desespero, acabei por por o aparelho na arca frigorifica para refrigerar mais rapido.

Para solucionar este problema acabei por montar uma ventoinha de um aquecedor que estava avariado, depois de alguns cortes e furos lá encaichou tudo, para tapar usei a tampa de uma coluna de audio.
Montei tanbem as fichas para os cabos porque eram directos ao interior da maquina.

O resultado foi 5*, nunca mais voltou a aquecer.
Hoje só funciona para soldaduras no exterior.
« Última modificação: Domingo, 09 de Dezembro, 2012, 16:10:10 pm por pajo »
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1383
    • Ver Perfil
Re:A minha caixa de ferramenta.
« Responder #14 em: Domingo, 23 de Dezembro, 2012, 00:59:00 am »
Viva amigos.
Já que estou em maré de soldaduras e como gosto de ir evoluindo quando posso, depois da pequena "cuspideira" e uns dois anos de arduas economias, eis que surgio a portunidade de comprar uma pequena semi automatica.
Pesa 45kg(daí estar num carrinho) tem de potencia maxima 170Amp. trabalha com e sem gas solda inox, (se usar argon)
no manual tambem indica aluminio, mas ainda não exprimentei.
Como o arame fluxado (sem gas) a bobine de 4kg custa uma exorbitancia, um amigo arranjou-me uma garrafa de gaz da cerveja e passei a usar arame normal.
o senão e que não posso soldar em locais com corrente de ar nem peças ligeiramente enferrujas, porque fica grande cag ;Dda


Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!