Autor Tópico: As férias que tardam em chegar!  (Lida 4569 vezes)

gabriel_rocha

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 82
    • Ver Perfil
As férias que tardam em chegar!
« em: Sexta, 26 de Julho, 2013, 12:23:22 pm »
Isto é um desabafo de balcão de café, julgo ser o local.
Numa altura em que o trabalho é superior ao retorno financeiro, em que toda a gente quer tudo e mais alguma coisa com qualidade "high end" ao preço de "low cost", já me começa a aborrecer o facto de passar pouco mais de 15 min com o meu filho de 3 anos, porque pouco depois de eu chegar a casa ele já vai para a cama. Não falo sequer do abandono a que está sujeita a oficina/garagem, nas férias decerto não vou lá estar também, prefiro aproveitar os dias em família. Mas esta crise financeira começa a desgastar a um nível que não pensei nunca chegar, isto de andar a trabalhar sem o gosto de outros tempos resulta neste desgaste. Quase ninguém se interessa pela qualidade ou a forma de fazer bem, apenas interessa o custo final, por muito mal que as coisas corram depois a médio prazo.
Antigamente ainda criticava a forma como alguns colegas trabalhavam, não faziam acompanhamento de obras, cobravam pela sua prestação de serviço apenas e simples. Agora chego à triste conclusão que o acompanhamento de obra é substituído pelas palavras de quem diz "olha faz antes assim que é mais barato"! Os profissionais competentes deram lugar aos que tudo fazem e em tudo são especialistas e ainda por cima adivinhem - são mais baratos!
Tenho a sorte de ser trabalhador numa empresa que paga tudo a tempo e horas, mas tenho pena de ver a vida da minha entidade patronal, por certo se fosse eu o patrão a firma já teria fechado, é preciso ter estômago para estes dias.


Resta-me a utopia que um dia as coisas mudam e que o trabalho que faço vai ser essencial e não apenas necessário!

Não vos quero deixar deprimido, é como comecei por dizer um desabafo, por isso também ando mais afastado daqui e da minha bancada. Agora, vou colocar uma cara simpática e ir ter com um cliente daqueles bons que deve hà mais de 1 ano, e no entanto, há piores! Melhores dias virão!

Um sentido abraço a quem trabalha com gosto e ama o que faz! 
"And God said - let there be LED, and there was light" ;)

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 849
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #1 em: Sexta, 26 de Julho, 2013, 17:31:46 pm »
Pois é, a motivação não pode ser muita. Mas imagine trabalhar mais de 20 anos numa actividade de que não se gosta, mas que não se pode largar por motivos...digamos, práticos. Também não é cómodo.

Talvez um dia as coisas mudem - daqui a uns 30 anos, ao que dizem...

O meu filho mais velho, arquitecto com mais de 12 anos de experiência, teve a sorte de conseguir ir há dois dias trabalhar para França durante alguns meses para uma grande empresa de projectos. A contragosto, note-se, porque preferia ficar cá, mas aqui já só quase tinha biscates de arquitectura, e já falava em ter de ir pintar cartazes.

Já vi escrito uma vez que "os maus dias de hoje serão os bons velhos tempos de amanhã". Hoje chamamos "bons tempos" à época em que eu tinha 25 anos, e em que quase todo o pessoal da minha idade ia para uma guerra da qual não sabia se vinha inteiro (conheci pessoalmente um certo número que não veio; eu tive sorte...). Portanto, digamos que é tudo relativo - mas, como é lógico, somos mais afectados pelo que se passa no presente e pelo que nos toca directamente. E já não é mau ter férias - há muitos que não têm nem podem ter...


GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 849
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #2 em: Sexta, 26 de Julho, 2013, 18:33:18 pm »
E para acabar a semana numa nota positiva, acabei agora mesmo de cortar duas tábuas para uma prateleiras que estou a fazer... 5 cm mais curtas do que devia. Tirei a medida (várias vezes, para ter a certeza!) - 88,5cm - mas não a escrevi, e marquei as tábuas muito cuidadosamente... a 83,5cm  ::)

Bem, vendo as coisas pela positiva fico com duas sobras para algum eventual futuro projecto.

mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #3 em: Sábado, 27 de Julho, 2013, 12:05:46 pm »
Bem, afinal não sou só eu a pensar assim...

Ultimamente, talvez tambem por anda mais cansado ando frustrado com o meu trabalho.

Primeiro, graças á incompetencia dos nossos governantes, estão-me a roubar parte do meu salario, IRS subiu 6% no meu caso, mais sobretaxa (esta até pode desapareceu mas o IRS dificilmente o vão baixar), com minha mulher desempregada e com 2 miudas a situação não está facil (sei que existem familias a viver com bem menos, mas não está facil, trabalho á 13 anos e não estava habituado a estas dificuldades).

depois e indo de encontro ao que o Gabriel diz, uma pessoa por muito profissional que seja fica bastante limitada com as opções economicas das chefias em prol dos controlos de custos, pensam eles que por gastar pouco agora que não vão gastar mais tarde um valor superior.

Ultimamente tenho tido bastantes atritos aqui na fabrica onde trabalho, devido a um individuo (somos apenas 5 mais o chefe e a secretaria ), que é o unico tecnico de manutenção de função, mas que na pratica, não faz nem quer saber das avarias mais "sujas" ou pesadas, não tem culpa de ter nascido malandro portanto, e a mim custa-me certas situações, este individuo é responsavel pela sala de manutenção, ferramenta consumiveis etc (como somos uma pequena equipa, as responsabilidades são divididas) e é enervante para mim não ter ferramenta adequada para fazer um trabalho, ou a disponivel é fraca ou está degradada, o estado da instalação é cada vez pior e mais degradada, ao meu chefe que é Eng. Quimico a questão da ferramenta para ele não é importante porque como não suja as mãos não entende a importancia de ter boa ferramenta para trabalhar ou até ter ferramenta para trabalhar, nem vos conto o filme que foi para pedir um roquete de 1/2, porque o existente é fraco e está estragado, salta dentes, por uma treta que custa 30€ (roquete blindado Facom, não é muito bom mas safa bem para a função), foi me dito pelo profissional de manutenção que não havia problema porque tinhamos 1 de 3/8 que bastava colocar o adaptador para 1/2 que servia perfeitamente, já ando em guerra á mais de 6 meses e ainda não tenho um roquete em condições na fabrica... é triste, já expliquei varias vezes ao meu chefe a importancia de ferramenta em condições mas é em vão ele remete a responsabilidade para pedir ferramenta ao tecnico de manutenção e pronto, estou farto de sugerir novas soluções e ferramentas mas 0 e eu nem sou tecnico de manutenção, mas estou colocado na equipa de dia, normalmente 1 operador de processo (entre outras coisas fazem ferias, folgas dos outros, manutenção da fabrica, projectos de redução de custos, coordenações de qualidade e segurança etc) e o tecnico de manutenção.
Além disso existem sempre entraves pela chefia quando é preciso fazer um investimento para uma solução diferente, para ser implementada demora sempre 2 anos ou mais, tenho que pedir orçamentos, justificar o investimento, propor o investimento e depois explicar tudo e no fim, a coisa atrasa-se porque o chefe se lembra que tem que se justificar mais outra coisa qualquer que não tinha pensado inicialmente é obvio que o impeto e interesse de quem está a propor a solução esmure-se e a coisa fica por ali ou arrasta-se.

Em 2009/2010 quando passei para a manutenção dava 2/3 horas á casa todos os dias (com a minha mulher gravida e já depois das minhas filhas nascerem), era responsavel pela implementação de um projecto de automação da instalação andava que nem zombie, levava fodas todos os dias e reconhecimento 0, chegou a uma altura que disse basta, numa avaliação de desempenho referi as horas que andava a dar e esforço que tive que fazer para conhecer todas as coisas e equipamentos que tive conhecer e estudar (sem qualquer tipo de formação), para implementar esse e outros projectos, foi me dito que a empresa reconhecia e estava muito satisfeita com o meu desempenho, a resposta foi simples, as minhas filhas não comem reconhecimento! ficou a olhar para mim com cara de parvo. nunca mais dei horas á casa.

Quem trabalha e se esforça por conhecer, fazer mais e melhor é recompensado com dores de cabeça, reuniões interminaveis que nada resultam, ouvir por tudo e por nada, pressão, ser mal tratado e claro com mais trabalho, esta é a forma de gestão portuguesa.
Além das varias responsabilidades, projectos e coordenações em que estou envolvido agora sou também Coordenador de Higiene e Segurança, coisa que nunca quiz e sempre disse não, voluntario á força, além do trabalho normal igual ao dos meus colegas claro, nisto tudo o salario é igual para todos os operadores e tecnicos de manutenção.

Sim estou contente por ter trabalho, mas uma pessoa não se pode acomodar e quer sempre mais, até porque parar é morrer e não tentar evoluir, aprender coisas novas é estagnar e ainda sou novo para isso. Ando para tirar um curso de Tecnico de manutenção, mas o tempo é pouco assim como os €, não que queira sair da empresa mas tenho fome de conhecimento...

O mais lixado disto tudo é quando uma pessoa vai para fora trabalhar noutras fabricas do mesmo grupo, eles teem acesso a tudo do bom e do melhor, teem formação regularmente, mas mesmo assim os tugas malandros vão para lá ensina-los a trabalhar... uma pessoa pensa, mas o que faço em Portugal?

Com isto tudo, falta 1 semana para ir de ferias...

Desculpem o testamento, mas como era em tom de desabafo...
« Última modificação: Sábado, 27 de Julho, 2013, 12:07:23 pm por mbernardes »

mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #4 em: Sábado, 27 de Julho, 2013, 12:08:22 pm »
O brio no trabalho é uma coisa linda, é pena é nem toda a gente o ter...

Nm

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 56
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #5 em: Sábado, 27 de Julho, 2013, 14:43:59 pm »
A médio/longo prazo, dar horas a outros é regra geral um erro, a não ser que tenhamos uma comissão de alguma forma proporcional a isso. Se fizermos bem o nosso trabalho e formos bons nele, ninguém nos vai despedir por fazer as 8h e, se por acaso despedirem, se formos realmente bons arranjamos emprego noutro sítio com relativa facilidade.

mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #6 em: Domingo, 28 de Julho, 2013, 09:31:28 am »
A médio/longo prazo, dar horas a outros é regra geral um erro, a não ser que tenhamos uma comissão de alguma forma proporcional a isso. Se fizermos bem o nosso trabalho e formos bons nele, ninguém nos vai despedir por fazer as 8h e, se por acaso despedirem, se formos realmente bons arranjamos emprego noutro sítio com relativa facilidade.
Completamente de acordo, uma pessoa dá a mão quando for a ver está sem braços.
« Última modificação: Domingo, 28 de Julho, 2013, 09:36:59 am por mbernardes »

mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #7 em: Domingo, 28 de Julho, 2013, 09:39:20 am »

pajo

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1400
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #8 em: Domingo, 28 de Julho, 2013, 20:35:56 pm »
Animem-se, rapazes!
Melhores dias viram, e ainda nos vamos rir desta treta toda!
Á já uns dias que não vinha aqui e deparo-me com estes desabafos todos.
Acho que fazem muito bem, o motivo porque não tenho vindo aqui é porque tenho colegas de ferias e como não se arranja ninguem para me substituir nas minhas de verão, este ano e para já, vai ser so 4 dias para vizitar os meus páis.

Mas os projectos têm andado, lentamente mas vão!
Se não sabes? -não mexas!
Se não gostas? -não estragues!
Mas isso, NÃO TINHA PIADA NENHUMA!!!

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 849
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #9 em: Segunda, 29 de Julho, 2013, 01:28:53 am »
"...agora sou também Coordenador de Higiene e Segurança, coisa que nunca quis..."

Quer acreditar que não é o único?  Benvindo ao clube! ;)

Foi a última função que me deram - Responsável Ambiente, Higiene e Segurança, mas numa fábrica onde trabalhavam cerca de 200 pessoas - e não tive outro remédio senão engolir esse muito a contragosto durante os últimos três anos da minha vida profissional. A minha directora internacional (não vou dizer a nacionalidade, é um grupo muito grande...), que era uma excelente investigadora numa área muito especializada, com vários trabalhos publicados, também teve essa "sorte", mas aparentemente adaptou-se bem e gosta do trabalho... ou pelo menos é o que ela diz quando ainda falamos como amigos.

"... se formos realmente bons arranjamos emprego noutro sítio com relativa facilidade"  -  não acredite nisso nisso! Muito menos hoje em dia. É ó único comentário que posso fazer.


mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #10 em: Segunda, 29 de Julho, 2013, 10:37:29 am »
O problema é quer não foi reduzido em nada a minha carga de trabalho, apenas aumentou e esta coordenção é bastante exigente, mas já avisei o meu chefe que não sou tecnico de segurança nem tenho formação para tal, para não esperar muito nem me queira imputar responsabilidades se algo correr mal, não ficou contente, temos pena.

Mas continuo a fazer só as 8 horas normais, o que ficar feito, fica, o que não ficar logo se vê, tem que se ver as prioridades.

Os projectos vão andando lentamente é verdade que agora a malta quer é festa hehe

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 849
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #11 em: Segunda, 29 de Julho, 2013, 13:28:25 pm »
"...Mas continuo a fazer só as 8 horas normais..."

Isso é coisa que nunca consegui fazer, sou muito indisciplinado quanto a horas em qualquer actividade em que me meta... Normalmente trabalhava entre dez e doze horas por dia, e se por acaso me lembrava de olhar para o relógio e via que eram, por exemplo, 18h00, geralmente pensava "belo, ainda é cedo...". Também me costumava esquecer dos feriados - só dava por isso quando via que os escritórios da fábrica estavam desertos e telefonava para a portaria a saber o que se passava (em geral, como já lá estava, aproveitava para trabalhar um bocado em sossego durante a manhã).

Isto não tem tanto a ver com uma excessiva dedicação ao trabalho - acontece apenas que quando estou concentrado a fazer qualquer coisa me esqueço das horas. Muitas vezes não uso o relógio no pulso - faz suar. Passa-se também com a bricolage, ou com a jardinagem, ou com o computador... Muitas vezes só noto que ainda não almocei lá para as três ou quatro da tarde, ou mais tarde, e lá vou comer qualquer coisa - não sou exigente com a comida, quase tudo o que vem à rede é peixe, e quando se trata de jardinagem, vou-me alimentando a minis...  :)

mbernardes

  • Full Member
  • ***
  • Mensagens: 207
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #12 em: Segunda, 29 de Julho, 2013, 22:37:29 pm »
também não uso relogio, mas no meu trabalho o que há mais e relógios, planeamentos para tudo e mais alguma coisa, com temporizações rígidas, por isso ao inicar o dia planeio o meu trabalho algum já tenho planeado anteriormente, temos que fazer planos para tudo por imposição logo, fora do trabalho as bricolas não teem hora, não o faço fora de horas por viver num prédio, se não fugia para a garagem a seguir ao jantar hehe.

A mini nunca pode faltar, aproveito as promoções e tenho sempre uma grade no frio :D

GLFaria

  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 849
    • Ver Perfil
Re:As férias que tardam em chegar!
« Responder #13 em: Segunda, 29 de Julho, 2013, 23:36:34 pm »
"...não o faço fora de horas por viver num prédio..." - acabei agora mesmo de afiar os ferros de duas das minhas plainas e varrer o chão do meu quarto de trabalho. Consegui fazer isso sem fazer barulho nenhum!  :D :D :D  Há bricolas que se podem fazer à noite num prédio, outras que não...